Header Ads

Moça com brinco de pérola

Pinceladas de sedução.


Achei muito interessante estudar o período barroco na faculdade, e conhecer alguns artistas do século 17 e hoje eu quero falar um pouco sobre um artista não muito conhecido entre o público leigo Johannes Vermeer.
Autor da enigmática tela, moça com brinco de pérola, considerada a Mona Lisa da Holanda.


O termo "barroco" originalmente significaria "pérola irregular ou imperfeita", e que foi precedido pelo Rococó que o envolveu em seguida, Rococó vem da palavra francesa rocaille e significa concha.

No barroco o santo e o profano se misturaram.


Mas o  termo talvez tenha um sentido pejorativo para revelar que o santo e o profano se fundem  com muita peculiaridade neste movimento, pois foi a arma que a igreja usou para evangelizar também foi usada como forma reação e protesto.


Coincidência ou não a tela Moça com brinco de pérola de Vermeer foi uma das telas para ser apresentada  neste semestre aos meus alunos do sexto ano, com o tema apreciação.
Foi então que fazendo uma pesquisa sobre o assunto, descobri um filme produzido e inspirado nesta tela.
O filme revela que os artista do século 16 já estavam descobrindo a fotografia, através da câmera obscura.



O filme é sensacional, embora seja uma ficção e não uma história real sobre a tela produzida pelo artista, chega convencer com a história.
Na minha opinião o filme revela na moça do brinco de pérola este lado santo e profano do Barroco, de santos e pecadores e de pessoas imperfeitas ligadas a religião.


Na novela Roque Santeiro que é uma novela sobre critica religiosa, a personagem (Lulu) Cássia Kiss era uma moça com brinco de pérola, casualidade? Não! Somente mais uma joia do Barroco.




Nenhum comentário