Header Ads

Uma tarde maravilhosa

Hoje foi uma tarde maravilhosa, porque eu pude caminhar na praia com uma amiga e pequenos momentos podem ser eternizados e  guardados na caixinha de lembranças do coração, momentos de felicidade.


Ouvir o som do mar e sentir o vento, sentir o calor e sentir o momento, a vida é cheia de grandes pequenas coisas que nos trazem felicidade e nem sempre percebemos.


Eu queria ver de perto esta escultura da, Tomie Ohtake, ela é uma artista plástica japonesa naturalizada brasileira.
 Aos vinte e três anos de idade viajou ao Brasil, para visitar um irmão mas não pode retornar devido a Segunda Guerra Mundial.


É uma das principais representantes do abstracionismo informal, sua obra abrange pinturas, gravuras e esculturas. Foi premiada no Salão Nacional de Arte Moderna, em 1960; e em 1988, foi condecorada com a Ordem do Rio Branco pela escultura pública comemorativa dos 80 anos da imigração japonesa, em São Paulo.


Foi uma tarde muito alegre vendo trabalhos de arte como alguns grafites.


Apreciando um lindo por do Sol sobre o olhar desta escultura ao ar livre e que fica no emissário submarino em Santos, São Paulo.


Este monumento celebra os 100 anos da imigração japonesa ao Brasil, é uma escultura com 15 metros de altura e 20 metros de largura.
Esta escultura mexeu com minha imaginação,ela  parece querer saltar da plataforma como um grande pássaro ou dragão pronto a alçar voo e às vezes  uma fita vermelha que se agita sobre o vento, ela é magnifica!
O sol então foi se pondo e fui flagrando-o com minha câmera por trás daquela obra de arte enquanto ele ia projetando sombras  na escultura e a fazia mudar de cor.


Até que o sol se pôs naquela tarde e uma linda luz dourada agora refletia no mar.

Como diz Cecília Meireles todos os dias nossas janelas se abrem para lindos lugares, lugares que para muitos são coisas da nossa imaginação, mas que são reais para  cada um de nós que as contemplamos e por isto nos sentimos completamente feliz.











Nenhum comentário