Header Ads

Minhas impressões, Livro Mulheres Negras

Hoje eu quero falar sobre o livro que acabei de ler do meu amigo Adeildo Vila Nova talvez muitos de vocês não ouviram falar dele.



Adeildo Vila Nova é assistente social  aqui na cidade de Santos e está bastante engajado no belo trabalho das causas sociais.


Trata-se do livro  Mulheres Negras que ele lançou  de co-autoria com uma amiga de faculdade; Edjan Alves o qual tive a satisfação de ir no seu lançamento.

Eu confesso que a primeira vista tive algumas impressões equivocadas sobre o livro e a importância de se falar ainda hoje  no Brasil sobre o tema, porque pensamos que não existe discriminação de raça no Brasil, mas lendo o livro e participando do lançamento que foi no dia 19 de novembro, eu pude compreender esta necessidade e foi uma data bem propícia  por causa do dia nacional da consciência negra.



O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A semana dentro da qual está esse dia recebe o nome de Semana da Consciência Negra.

A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. O Dia da Consciência Negra procura ser uma data para se lembrar a resistência do negro à escravidão de forma geral, desde o primeiro transporte de africanos para o solo brasileiro.

Então ao lendo o livro  Mulheres Negras e participando desta conferência  pude perceber coisas que estavam bastante camufladas tanto na minha maneira de pensar e eu diria em toda sociedade brasileira.



No evento houve palestras e amostras de vídeos que deixaram evidente este fato, e isto começa explícito na nossa ficção do dia dia, na dramaturgia brasileira  as pessoas de cor interpretam sempre mais personagens das classes mais baixas da sociedade, desempenhando funções não indignas, mas de baixa remuneração.

O livro faz um resumo de como no contexto histórico os negros foram prejudicados e são ainda hoje por causa do preconceito de cor.
Um ponto interessante  que achei do livro é o fato que mesmo após a libertação dos escravos, estes homens e mulheres libertos foram excluídos do mercado de trabalho dando preferência a mão de obra branca importada da Europa, isto revela que a libertação dos escravos não solucionou o problema.

Hoje em dia há muita polêmica quanto a conferir direitos e privilégios para qualquer grupo ou raça, mas de certa forma é uma divida da sociedade brasileira que vetou por tanto tempo o direito a raça negra de alcançar  seu status social. E o preconceito a discriminação e e o racismo existe sim, muito camuflado e inserido  e pulverizado sem que se perceba.

 O livro Mulheres Negras fala exatamente sobre isto, são relatos verídicos e emocionantes de mulheres que venceram, fala do triplo preconceito, preconceito contra mulher, preconceito de cor e por ser pobre, com certeza este livro pelas mãos de quem passar, conseguirá diminuir esta visão tão negativa e injusta contra raça negra e contra as mulheres.


13 comentários:

  1. Muito interessante esse livro falando não só das mulheres negras mais da cultura afro-brasileira, isso sim é cultura de verdade e claro sucesso pra vc e pro seu amigo e que Deus abençoe vcs

    fica na pazzz

    JUNIOR

    ResponderExcluir
  2. É Verdade Junior,O Brasil é o encontro de muitas culturas e uma delas a africana onde a partir dai fez do Brasil uma grande riqueza cultural,e este livro tem uma mensagem muito esclarecedora sobre o assunto. Obrigado pelo seu comentário, sucesso pra você também, paz.

    ResponderExcluir
  3. Muito boa postagem,adorei o seu blog,sucesso para seu amigo com este livro porque ele traz uma mensagem muito importante para toda nossa sociedade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Willian Sousa,você está coberto de razão,muito importante porque além da luta de classe existe infelizmente a luta de raça que já deveria ter sido banida da nossa sociedade, abraço.

      Excluir
  4. Olá Fernando, belo post. Acho importante esse livro porque trata de um tema que não deveria mais existir, o "preconceito". O negro é um ser humano como o branco, o pardo, o amarelo, o vermelho ou qualquer outra cor de pele que possa existir.

    Somos todos irmãos diante de Deus, somos todos iguais, ninguém deveria se ver superior ao outro.

    Parabéns pelo post e ao seu amigo pelo lançamento do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Igor Abraão,obrigado meu amigo,realmente o preconceito é algo horrível e fazer acepção de pessoas levando em conta a cor da pele é discriminação,e o assunto do livro é atual e relevante para toda sociedade. Forte abraço, fica com Deus.

      Excluir
  5. Olá. Parabéns pelo seu blog. *-*
    Adorei as postagens.
    Realmente o Brasil ainda não é um país justo. Existe muita discriminação, o ego das pessoas fala mais alto. #NãoaoPreconceito.
    Preconceito é coisa de gente fraca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Marli, muito bem vinda,Cada um fazendo a sua parte podemos tornar o mundo um pouco melhor e livre de preconceito, beijos

      Excluir
  6. Eu não sei como pode existir gente tão atrasada para ter preconceito contra negros, parabéns ao seu amigo pelo lançamento do livro, quem sabre abra a mente de muita gente que não tem respeito e amor pelo próximo independente de raça.

    ResponderExcluir
  7. Ótima postagem, já vou seguir seu blog, gosto de blogs com assuntos interessantes assim! :)
    O preconceito realmente está muito camuflado no Brasil. Por mais que a miscigenação esteja presente na nossa história, o povo ainda traz muito as ideias errôneas de antigamente, acredito que o preconceito é a mais presente delas. Parabéns pelo post e ao seu amigo pelo livro, parece ser muito interessante.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Danielly Oliveira pelo seu comentário,a visão e opinião de cada um é importante para aumentarmos esta corrente do bem e a forma correta de pensar,logo que possível estarei disponibilizando uma versão digital do livro,para que todos possam ler,forte abraço

      Excluir
  8. Respostas
    1. Muito obrigado amigo, sucesso pra você forte abraço

      Excluir