Header Ads

Uma só andorinha pode fazer seu verão !


Grandes homens mudaram o mundo e influenciaram multidões, isto não aconteceu da noite pro dia, levou um certo tempo.


Talvez não possamos mudar o mundo,mas se pudermos mudar uma só pessoa já tornamos o mundo melhor.
Cada pessoa é importante, não devemos dizer nunca que uma andorinha só não faz verão porque cada pessoa é um sol e onde passa ilumina e aquece muitos corações.
Eu já pensei que era inútil ser bom e fazer o que é certo mas eu nunca desisti de amar e de fazer a minha parte.
Nossas palavras e nossas ações são sementes no coração das pessoas,sei que as vezes não enxergamos os resultados, mas nenhuma semente  brota da noite para o dia.
Há muitos anos atrás eu escrevi uma história sobre a semente que não cheguei publicar,era mais ou menos assim:


Um dia uma semente foi lançada na terra,ela se sentia muito sozinha e abandonada, todos que passavam por ela não a notavam e pisavam e cada vez mais ela afundava na terra e chorava sua solidão de semente.
E os dias se passaram,bateu chuva,bateu sol e um dia a semente se quebrou, talvez pensou que fosse seu fim.
Mas então ela olhou pra si mesma e viu que algo misterioso tinha acontecido,algo saiu de dentro dela.
Foi o seu grande amor e tudo de bom que ela tinha no seu coração,e ela percebeu que ela não era mais uma semente, ela agora era uma folhinha que a cada dia foi crescendo até se tornar uma plantinha.


E as pessoas agora percebiam ela e diziam, olha que plantinha mais bonita,até que se tornou uma grande árvore,e deu muitos frutos, os pássaros se aninhavam nos seus galhos e casais namoravam na sua sombra.
Moral da história, não devemos desistir nunca de fazer o bem, de fazer a nossa parte,oque plantamos no coração das pessoas certamente irá germinar,não sabemos em quais corações, por isto devemos lançar as sementes e fazer nossa parte, nenhuma pessoa está finalizada,talvez não possamos mudar o mundo mas se mudarmos uma só pessoa já valeu a pena, portanto que cada um seja andorinha e faça seu verão por onde quer que vá.

Nenhum comentário