Header Ads

A catraia

Ontem eu peguei a catraia para atravessar para Santos, era mais um dia de trabalho em mais uma tarde quente de verão.
É bonito ver aquele amontoado de barcos empilhados na água, cobrindo a faixa do posto de embarcação numa multitude de cores, como numa pintura que eu já devo ter visto milhares de vezes.


De longe se vê as barquinhas saindo daquela pequena abertura do paredão do cais, trazendo gente e levando gente para diversas partes.
O calor era imenso, calor o bastante para dar vontade de se jogar no mar para aliviar o calor, o sol refletia com toda força nas águas como um rastro de prata sobre toda superfície do mar.



Não demorou muito e lá estava eu na catraia indo em direção a Santos, o vento batia no rosto trazendo uma imensa sensação de liberdade, neste dia haviam muitos navios atracados no porto, MSC música e outros tanto de carga como turísticos, o porto de Santos é um dos mais movimentados do mundo.
Assim são quase todos os dias, ao lado as embarcações maiores também levam trabalhadores, estudantes pessoas de todo tipo em direção ao centro de santos, como a barca Paicara e a Canéu que são bastante conhecidas.


Alguns têm medo e andar de catraia, mas pra mim apesar de ser um transporte de pequeno porte, acho ele muito rápido e bastante seguro, e que além de ser um veículo de transporte é com certeza uma grande diversão.

Autor: Fernando Smith

2 comentários:

  1. nunk andei de catraia mas lendo sua materia viagei nessa emoçao q tudoO:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita no meu blog, eu acho muito divertido andar de catraia, sim é uma emoção,rs...

      Excluir